Adoçante Stévia Faz Mal

Como tudo no mundo, se for ingerida em excesso, a stévia pode fazer mal, mas é o melhor dos adoçantes para a nossa saúde.

Artigo publicado por Camila Flor nas categorias: Nutrição

Essa é questão levantada por muitos profissionais de saúde e alimentação, afinal, essa plantinha usada para a fabricação de adoçantes de bebidas e comidas tem dado o que falar. Uns defendem que faz mal, mas a maioria é pacífica de que não faz mal. O uso de produtos adoçados com stévia requerem uma cautela mínima, pois assim como o açúcar faz mal para algumas pessoas, logicamente os adoçados com stévia também podem fazer, assim, a resposta é “depende”.

adocante-stevia-faz-mal

Origem da Stévia

Ela foi descoberta para substituir os adoçantes dietéticos mais antigos no mercado, como os de base em sacarina. A sacarina, em algumas pessoas, pode ser perigosa pois pode desencadear a aparição de câncer, mas são em casos muito atípicos, ou se as pessoas abusarem muito.
Assim como açúcar em excesso faz mal, a extrema falta dele também pode fazer, visto que sem que haja uma gota de açúcar no corpo, o pâncreas perde sua razão de existir, que bem ou mal ele está em nosso corpo para funcionar. Então, a ingestão de stévia não causa danos a saúde desde que respeitadas suas quantias diárias recomendadas. A recomendação diária é de zero até 4 mg por quilograma do peso do corpo –4mg/Kg – assim sendo, uma pessoa que pesa 60 quilos, pode consumir até 240 mg de stévia ao dia.

Efeitos Causados Pelo Excesso de Stévia

Não há que se preocupar se não exceder essa dosagem diária. Quando usadas acima dessa dosagem, e por muito tempo, o que pode provocar são náuseas, alergias, alteração do olfato e paladar e dores de cabeça. Há até relatos de que pessoas ficaram sentindo um sabor amargo na boca por alguns dias, visto que a planta em si é amarga, e o adoçante extraído dela, é resultante de um processo industrial para se extrair o elemento adoçante da stévia.

E Faz Mal?

A empresa que mais chamou a atenção com o uso de stévia foi a Coca-Cola. Não faz mal tomar Coca-Cola verde, aquela adoçada com a erva, mas é importante saber que assim como qualquer refrigerante, ela contém outros elementos que em excesso, vão fazer mal como qualquer outro produto. Outra constatação foi de que pessoas com problemas renais e de pressão arterial devem ter cuidado porque os refrigerantes adoçados com stévia possuem altas concentrações de sódio.

E os Diabéticos?

Diabéticos podem consumir alimentos adoçados com stévia, sem problema algum, desde que não sejam aqueles acometidos de problemas renais que podem se agravar com a presença do sódio. A maioria dos alimentos contém sódio porque ele realça os sabor, porém seu excesso é perigoso. Ela não causa câncer como alguns outros adoçantes mais antigos. Esse foi um mito levantado, porém, carece de veracidade. Se uma empresa visa lucro com a venda de um produto, jamais estaria colocando no mercado uma inovação perigosa. Ainda há muitos alguns teóricos da conspiração levantando essa bandeira, mas deve ser levado em conta não.

Grávidas Podem Ingerir Stévia?

Ela não faz mal também na gravidez. Gestantes e lactante podem consumir sem problema, desde que na quantidade recomendada sempre, senão no pior das hipóteses, o que mais pode causar são as náuseas decorrentes de dosagem acima do normal.

Camila Flor

Autora

Camila Flor cozinha com a sua avó no sítio desde os 5 anos e hoje participa no desenvolvimento de hortas urbanas orgânicas e na popularização da culinária funcional.



Comente!




*Campos obrigatórios